Motivação para Treinar no Ginásio

Duvido que exista alguém que por alguma razão não tenha pelo menos uma vez na vida ficado sem vontade de ir ao ginásio.

 

Já todos passámos por isso. A mim já me aconteceu, e a ti também, e a todos os teus amigos que frequentam um ginásio. Até o Arnold Schwarzenegger certamente teve dias maus.


A diferença está entre contrariar isso ou desistir, e isso diferencia quem atinge aquilo que sonha e quem não atinge (isto falando em fitness, que é disso que este tópico trata).

Dica #1 – Será que é para mim?


A primeira coisa a ter em conta e mais importante é perceberes se realmente gostas de treinar musculação ou frequentar ginásio.

 

Não adianta contrariares-te e fazeres algo que não gostas. Vais estar a prejudicar-te mentalmente e mais cedo ou mais tarde desistes.

 

A primeira coisa realmente a fazer é fazermos algo que gostamos. Se o ginásio não te agrada, procura outra actividade física, pois acima de tudo vai-te beneficiar mentalmente fazeres algo prazeroso.

Dica #2 - Objectivos


Estabelece objectivos a cumprir. Realistas, claro. Se não tens um objectivo não corres atrás de nada. Estás apenas a fazer algo por fazer. Seja perderes 10kg, seja fazeres 100kg de agachamento ou correres 20km, coloca metas fazíveis, e à medida que as cumpres, coloca novas metas. Só assim a tua motivação continuará presente.

Dica #3 - Tempo


É essencial teres tempo para treinar. Sem tempo não treinas, é matemático e não negocivável. Então organiza o teu dia e percebe quando podes encaixar o teu treino.

 

Se és uma pessoa super ocupada, com um trabalho desgastante se calhar não é boa ideia deixares o treino para o final do dia, poderá ser uma boa ideia treinares logo pela manhã e não pensas mais nisso, reduzindo assim o risco de desmotivação por cansaço e falta de tempo.

Dica #4 - Fotografias


Uma dica simples e muito fácil é usarmos fotografias para documentar a nossa evolução e de
facto percebermos os nossos progressos.

 

Por vezes os nossos olhos não são uma boa arma para avaliar o nosso corpo ao espelho, então uma comparação de fotos pode ajudar imenso, pois ao nos vermos diariamente perdemos um pouco a noção de como estávamos inicialmente, mas nada que uma comparação de fotos não resolva.

Dica #5 – Recompensas


Mas como nos recompensamos? Simples. Para isso precisamos voltar à dica número 2, Objectivos. Por cada objectivo cumprido recompensamo-nos. Imagina que tens o objectivo de perder 5kg. No final tens como presente umas calças novas. Tu mesmo defines isso, e pode ser uma forma interessante.

Dica #6 - Razões


Qual a razão de irmos ao ginásio? Queremos ser mais fortes? Mais magros? Mais musculados? Sermos mais saudáveis? É essencial saber o porquê da nossa ida ao ginásio, pois se estivermos a ir sem uma razão válida, deixaremos de ir pois nada nos prende lá.

Atenção uma razão de ir ao ginásio é algo diferente de um objectivo. Os objectivos vamos considerar como metas que vamos cumprindo à medida que evoluímos, já a razão é aquilo que nos moveu a ir para lá, o “core” da nossa motivação.

Com estas 6 dicas espero ter-vos dado um empurrão na vossa motivação. Sem motivação não conseguimos evoluir, seja no ginásio, nos estudos, no trabalho ou nas relações. Por isso motivem-se, estabeleçam objectivos e “corram atrás”!

Melhores Descontos

aqui