Mercados de Natal mais Bonitos da Europa

Stuttgart

Stuttgart e os seus arredores, é realmente uma região lindíssima que oferece paisagens e ambientes completamente mágicos.

Durante o mês de Dezembro, a Alemanha enche-se de mercados de Natal e o Weihnachtsmarkt de Stuttgart é um dos maiores da Europa, com mais de 280 barraquinhas, com decorações fabulosas no topo, oferecendo todo o tipo de artigos de Natal, além de comidas e bebidas típicas, incluindo o Gluhwein e o Lebkuchen (biscoito doce, normalmente em formato de coração, decorados com enfeites coloridos e frases divertidas).

O mercado de Natal de Stuttgart é uma tradição que se repete há mais de 300 anos pelas calçadas da Schiller Platz, Konigsbau e Marktplatz, onde se localiza a Câmara Municipal/Rathaus.

Mas Stuttgart, cidade industrial por excelência, tem muito mais para oferecer: é sede da Mercedes- Benz e da Porsche. Visitar um destes museus é obrigatório…O Museu da Porsche ocupa um belíssimo prédio futurista que parece sustentar-se sobre três pilares, formando um conjunto visual arrebatador.

A Stadtbibliothek Stuttgart  é outro lugar a visitar: um impressionante cubo branco de 9 andares, é uma daquelas construções que nos traz paz e tranquilidade, utilizando apenas o branco, cinza e azul na sua paleta de cores. Com o cair da noite o prédio fica todo iluminado com a cor azul, uma verdadeira obra-prima, considerada uma das mais belas Bibliotecas do mundo.

Como chegar:

Stuttgart é uma cidade muito bem servida por comboios vindos de toda a Alemanha e Europa e tem um ótimo aeroporto com muitas opções de voos diretos. Nós chegamos lá num voo da Easyjet, direto entre o Porto e Stuttgart.

O aeroporto tem acessos diretos a vários pontos da cidade, dispondo dos serviços S-Bahn, linhas S2 e S3, que circulam entre o Terminal 1 e a estação central da cidade. A partir daqui é possível apanhar as linhas S-Bahn e U-Bahn para as cidadezinhas à volta de Stuttgart, tal como nós fizemos e visitar outros mercados de Natal.

 

Hotel:

Ficamos hospedados no Ibis Centrum Stuttgart, em Marienplatz. A localização é simpática porque permite deslocar-nos a pé para o centro da cidade e há uma estação de metro em frente do hotel para percursos mais distantes. O hotel é moderno com quartos confortáveis e um pequeno almoço muito bom.

Restaurantes:

A maioria das refeições foram feitas nas barraquinhas dos mercados de Natal (fácil, simples e delicioso) experimentando novos sabores.

Rothenburg ob der Tauber

Rothenburg ob der Tauber é uma cidade medieval, próxima de Stuttgart que tem de estar na lista das cidades a visitar porque é descrita como uma cidade de um conto de fadas… Foi também palco para algumas cenas do filme "Harry Potter e as relíquias da morte" e Walt Disney inspirou-se nesta cidade quando criou a vila do Gepeto no desenho animado do Pinóquio. Por tudo isto, aconselha-se a dedicar um dia inteiro de visita a esta jóia medieval.

O mercado de Natal nesta cidade acontece há mais de 500 anos. A cidade fica totalmente enfeitada e entra em clima de verdadeiro sonho de Natal. São mais de 100 barraquinhas de madeira espalhadas pela cidade vendendo todo tipo de produtos, foram as imensas lojas físicas onde é Natal todos os dias do ano! É uma autentica cidade de Natal.

Passear pelas ruas da cidade e pelas suas muralhas é uma experiência única. É na Marktplatz que se estende o Mercado de Natal e onde se situa a Câmara Municipal, o Posto de Turismo (a antiga Taverna dos Vereadores), a Farmácia, a Marien Aphotheke, a antiga casa do presidente da Câmara da cidade e a Fonte de S. Jorge a lutar com os dragões.

 

Na antiga Taverna dos Vereadores está o famoso relógio que abre de hora em hora mostrando a lendária histórica do presidente da Câmara, que teria salvo a cidade da destruição durante a Guerra dos 30 anos, ao ingerir de um só gole 3 litros de vinho.

A loja mais famosa da Europa, de decorações de Natal – Kathe Wohlfart encontram-se várias com diferentes especialidades, também nesta cidade. Entrar nestas lojas é como estar num conto de fadas. O visitante é recebido por um quebra-nozes gigante e, já dentro da loja, é cercado por uma vasta oferta de enfeites de Natal inéditos.

Ah! Não esquecer também da Teddy Land, uma loja só de ursinhos.

A gastronomia também deve fazer parte do roteiro de Rothenburg. Além das tradicionais salsichas alemãs - Bratwurst, as vitrinas das lojas de doces estão recheadas de grande variedade de tortas e bolos mas o doce mais característico da cidade são as Schneeballen (bolas de neve) feitas de uma massa tipo biscoito, com recheio imensa variedade de recheios (chocolate, limão, pistache, nozes, etc)

Um dos lugares mais fotografados da cidade é o Plonlein, uma bifurcação com uma casinha amarela no centro, uma torre na rua à esquerda e outra torre ao fundo, à direita.

Como chegar:

Não há comboio direto de Stuttgart para Rothenburg ob der Tauber. O melhor mesmo é alugar um carro para o dia caso se pretenda visitar esta cidade incrível. Há vários estacionamentos do lado de fora da cidade e a partir daqui é explorar as suas ruas a pé até chegar à Marktplatz.

Utilizando os transportes públicos, tal como nós fizemos, devem apanhar, pela manhã, o mais cedo possível, o comboio em Stuttgart e sair em Dombuhl para apanhar o autocarro 807 até Rothenburg (confirmem sempre os horários no google maps).

Ludwigsburg

Visitámos esta cidade, situada a cerca de 12 km de Stuttgart no terceiro dia do nosso roteiro. Apanhámos o comboio direto de Stuttgart para Ludwisburg (cerca de 15min) e começamos o dia a visitar o Palácio da cidade e daí dirigimo-nos a pé, em direção ao Mercado de Natal. Muitas barraquinhas com arranjos especiais de Natal vendendo comidas e bebidas típicas. Comparando com os restantes mercados que visitámos, este era mais simples, mais ao estilo "local market". Foi uma visita rápida, sendo que no final da manhã regressámos a Stuttgart para continuarmos o nosso roteiro pelos mercados de Natal.

Esslingen

E a nossa última paragem deste roteiro de Natal foi em Esslingen. Onde é tudo tão bonito que parece ter saído de um conto de fadas…

O mercado de Natal de Esselingen que se realiza há mais de 800 anos, começa na praça central próxima da Igreja de S. Dionísio e andando mais um pouco chega-se à parte mais pitoresca – o Mittelaltermarkt, o mercado medieval, uma imersão na vida e comércio medieval.

As barraquinhas vendem comidas tradicionais - os heurekaners (pãezinhos com queijo, presunto e creme de alho) e os comerciantes vestem-se com trajes medievais; há também artesãos a fazer objetos da idade média: espadas de ferro, arcos e flechas, roupas de couro entre muitos exemplos.

Até os brinquedos são medievais: uma roda gigante de madeira que “roda” manualmente, um carrossel também de madeira, empurrado por um figurante vestido à moda medieval. Outras atrações desta época são a procissão de tochas até ao Castelo e os concertos de música medieval e de músicas do Advento. Podem ver tudo o que descrevo no vídeo presente no final deste artigo.

Tudo isto num cenário mágico de casas de estilo Fachwerk: uma técnica de construção que consiste em paredes montadas com hastes de madeira encaixadas entre si em posições horizontais, verticais e inclinadas, cujos espaços são preenchidos por pedras ou tijolos.

 

Como chegar:

Há comboios diretos entre Stuttgart e Esslingen e a viagem dura cerca de 15 minutos.

Um especial agradecimento a uma das queridas companhias nesta viagem, a professora de história, Castália Almeida.