Como escolher os Melhores Cereais

Como escolher os melhores cereais?

 

Hoje em dia todos procuramos os “melhores”. Os melhores cereais, as melhores bebidas, a

melhor proteína, os melhores hidratos, as melhores sapatilhas, etc. Ninguém quer o mais ou
menos, mas aquilo que é melhor.

 

Mas o que é ser melhor? É porque o nutricionista X diz uma coisa, ou o médico Y diz outra, ou porque o nosso atleta favorito mais uma diferente? É sempre difícil perceber o que é melhor, por isso é importante que tenhamos conhecimento, pelo menos boas bases, para que possamos penar por nós próprios e não depender apenas das escolhas que outros fazem por razões que desconhecemos, umas melhores, outras piores.

A primeira coisa para a escolha dos cereais é termos alguma sensibilidade a ler os rótulos, sem isto nada feito. Uma coisa básica que todos nós temos em mente é procurarmos o açúcar no rótulo, certo? É um começo, sem dúvida, mas não é tudo. Por isso tenham muita atenção neste ponto.

 

Por acaso vocês já reparam naqueles cereais que dizem ser fitness, equilíbrio etc e a quantidade de açúcar que têm? Provavelmente não. Não são muito diferentes dos cereais convencionais de pequeno-almoço que vocês assumem como não saudáveis. Então temos aqui um ponto a reter, muito cuidado com as mensagens que vêm escritas nas caixas dos cereais, consultem sempre primeiro o rótulo.

Melhores Descontos

aqui

Depois de termos cuidado com o açúcar, um outro ponto também importante passa pela quantidade de ingredientes, quantos menos melhor. Sim, porque a quantidade de ingredientes ao ser extensa não é porque tem vários tipos de cereais, sementes e tudo aquilo que é bom para nós. Ela é extensa porque foram adicionados todo o tipo de ingredientes pouco saudáveis para melhorar o sabor, a cor e a textura.

 

A quantidade fibras é também muito relevante. Quanto mais fibroso for o nosso pequeno-almoço, melhor. Iremos ficar saciados por mais tempo, vamos atrasar toda a absorção dos hidratos, baixando a glicemia, e claro, a fibra é muito importante para o bom funcionamento do nosso intestino.

Um ponto que seria curioso termos acesso seria o índice glicémico. É algo que tem influência na nossa composição corporal, mas não nos é cedido pelas marcas.

Quais os melhores cereais disponíveis no mercado?


Na nossa opinião começando pelos típicos cereais de pequeno-almoço, temos dois: Weetabix Original e Corn Flakes sem adição de açúcar (ou pelo menos muito pouca quantidade).

 

O Weetabix Original é apenas trigo integral, e em termos de sabor adoramos. Fica excelente misturado com frutas e iogurte ou bebida vegetal c/sabor. Seria sempre a 1ª escolha entre estes dois. Os Corn Flakes têm a desvantagem de ter um índice glicémico alto, mas por um lado são dos cereais mais básicos e simples do mercado, o que é vantajoso.


Depois claro, passamos para os cereais mesmo: aveia, trigo sarraceno, centeio, etc. Estas opções são sem a menor dúvida as que devem estar no topo das nossas escolhas. São de baixo índice glicémico, ricas em fibra e não processados. E em termos de preço são também bem simpáticos.

Conclusão


Consultem sempre primeiro o rótulo, percam algum tempo a perceber o que lá está escrito e apartir daí façam as vossas escolhas. Quanto menos açúcar e quanto menos ingredientes tiver, melhor!